Trigo: Possível intervenção do governo só em Dezembro

Agronegócio

Trigo: Possível intervenção do governo só em Dezembro

Conab espera fim da colheita do RS em Dezembro
Por: -Leonardo Gottems
2082 acessos

Analista sênior da Consultoria Trigo & Farinhas, Luiz Carlos Pacheco alerta contra boatos que começam a surgir em torno de uma possível intervenção do governo brasileiro no mercado do trigo. Segundo ele, a Conab só deverá tomar uma posição a esse respeito em Dezembro, quando será concluída a colheita do cereal de inverno do Rio Grande do Sul e for apurado o excesso eventual na safra.

“A curiosidade matou o gato e a ansiedade pode matar o agricultor. Quem conta um conto acrescenta um ponto. Na ânsia de melhorar os preços do trigo algumas pessoas já estão imaginando coisas. Hoje escutamos que haveria leilão de trigo nos próximos 15 dias e dão como fonte a Ocepar”, comenta Pacheco. 

O especialista conta que entrou em contato diretamente com o Conab, e confirmou que uma eventual intervenção do governo será precedida de uma Nota Técnica, justificando ao Conselho Monetário Nacional (CMN) o uso deste dinheiro público: “O documento ainda não foi emitido, e vai demorar a ser (a Conab está esperando a colheita do trigo do Rio Grande do Sul, para confirmar o excesso eventual. E a colheita deste estado só começa em 15 dias e termina em dezembro)”.

Ele acrescenta ainda que não há definição sobre quando o CMN vai se reunir, nem se realmente vai ou não autorizar a liberação da verba. Afirma até que sequer existe definição sobre a forma como seria usado esse dinheiro, se para aquisição de estoques ou para ajudar no escoamento para o Nordeste, por exemplo.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink