Trigo caro reduz lucro do moinho Dias Branco

Agronegócio

Trigo caro reduz lucro do moinho Dias Branco

Um dos maiores moinhos do País sentiu nos números deste 3º trimestre o impacto da escala nos preços do trigo
Por: -Juan Velásquez
11 acessos

Um dos maiores moinhos de trigo do País e líder na fabricação de massas e biscoitos, o Moinho Dias Branco, sentiu nos números deste 3º trimestre o impacto da escala nos preços do trigo e também do açúcar no mercado mundial. Mesmo com forte aumento no uso de capacidade instalada, a empresa teve lucro líquido 37% em relação ao 3º trimestre de 2005.

O custo com produtos vendidos foi de R$ 209,9 milhões entre julho e setembro deste ano, 15,1% maior em relação ao mesmo período de 2005, devido "ao aumento no custo de matérias-primas, principalmente açúcar e trigo em grão", diz o relatório da empresa.

O Moinho Dias Branco possui produção verticalizada: a empresa processa quase 90% da farinha que utiliza e atua na cadeia até na gôndola de supermercado. Entre outras marcas próprias é dona da Adria.

Os aumentos no custo destas matérias-primas foi tão rápido que mesmo tendo repassado um reajuste a empresa ainda não conseguiu ter reflexo nos números. "O reajuste foi feito em julho, mas sempre há demora para a cadeia absorver. Já que no primeiro mês as vendas caem e aos poucos vão normalizando", diz o vice-presidente Investimento e Controladoria e diretor de Relações com investidores, Geraldo Luciano.

Os executivos não comentaram a crise no abastecimento mundial de trigo, em teleconferência fechada aos jornalistas.

A receita líquida da empresa cresceu 6,1%, para R$ 342,1 milhões.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink