Trigo/CEPEA: Brasil importa menos; leilão segue dando ritmo ao mercado
CI
Agronegócio

Trigo/CEPEA: Brasil importa menos; leilão segue dando ritmo ao mercado

No próximo dia 10, o governo realiza novos leilões
Por:
Apesar da entressafra no Brasil e de oferta do produto argentino, as importações de trigo reduziram em janeiro. Segundo pesquisadores do Cepea, a maior dificuldade de registros de exportações de produtores argentinos pode ter pesado para esse resultado. Enquanto isso, agentes nacionais consultados pelo Cepea continuam com as atenções voltadas para os leilões governamentais. No próximo dia 10, o governo realiza novos leilões, nas mesmas condições dos anteriores.
Quanto às importações, segundo dados da Secex, em jan/12, chegaram aos portos brasileiros 137 mil toneladas de trigo em grão, volume 72,8% menor que o adquirido em dez/11 e 73,9% inferior ao de jan/11. Do total importado, 78% vieram da Argentina, 14,8%, do Paraguai, 5,9%, dos Estados Unidos e 1,2% foi proveniente do Uruguai.
 
As compras de farinhas também diminuíram. No mês passado foram adquiridas 45,7 mil toneladas do produto, volume 22% menor que o de dez/11 e 4,8% abaixo do de jan/11. Do total importado, 91,2% vieram da Argentina, 5,9%, do Uruguai, 2,2%, do Paraguai e o restante da Bélgica, Canadá, Estados Unidos, Itália e Reino Unido. (Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br)

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.