Trigo/Cepea: Colheita progride, comprador se retrai e preço segue em queda

Agronegócio

Trigo/Cepea: Colheita progride, comprador se retrai e preço segue em queda

Enquanto a colheita de trigo avança no Paraná, a maioria dos moinhos consultados pelo Cepea está afastada das compras do cereal no mercado interno.
Por:
487 acessos

Enquanto a colheita de trigo avança no Paraná, a maioria dos moinhos consultados pelo Cepea está afastada das compras do cereal no mercado interno. Conforme pesquisadores do Cepea, representantes dessas empresas indicam que vêm adquirindo o produto importado a preços inferiores aos praticados no Brasil.

Essa retração compradora, que é típica em período de colheita, especialmente em anos de oferta considerada satisfatória, vem reforçando as quedas nas cotações internas. Cooperativas e cerealistas, por sua vez, relatam que estão recebendo o trigo, mas sem interesse de vendê-lo no momento – o intuito é deixar o cereal “descansar” para melhorar a qualidade e negociá-lo a preços maiores. Nesse cenário, a liquidez segue baixa. O preço médio do trigo CEPEA/ESALQ no Rio Grande do Sul caiu 4,77% na última semana, a R$ 636,07/t na segunda-feira, 10. No Paraná, a queda foi de 0,6% no mesmo período, a R$ 636,33/t nessa segunda.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink