Trigo deve ampliar área em 10% na Argentina
CI
Agronegócio

Trigo deve ampliar área em 10% na Argentina

Plantio de trigo deve começar em aproximadamente um mês no país vizinho
Por:
Plantio de trigo deve começar em aproximadamente um mês no país vizinho

Na mesma semana em que o Brasil dá início ao plantio da nova safra de trigo, os produtores argentinos anunciam que planejam aumentar em quase 10% a área dedicada ao cereal em 2014. Apesar de Buenos Aires ainda não ter projeções oficiais, consultorias privadas e entidades do setor começam a lançar suas estimativas. De acordo com a Associação Argentina de Trigo (Argentrigo), o país vizinho deve cobrir 4 milhões de hectares com cereal – um incremento de 9,5% em sobre a temporada passada (3,6 milhões de ha). Na avaliação da consultoria Agritend, a área pode ser ainda maior caso o governo anuncie as medidas de apoio ao setor prometidas pelo ministro Carlos Casamiquela. Antes de assumir o Ministério da Agricultura, em novembro, Casamiquela, afirmou que avançaria com um sistema “quase automático” de permissões para exportar o cereal, conhecidas como Registros de Operação de Exportação (ROE). Até o momento, contudo, nenhuma medida neste sentido foi anunciada oficialmente. Nos últimos anos, em meio das intervenções do governo no mercado do trigo, a cevada havia ganhado espaço na principal região produtora, o Sudeste de Buenos Aires. A tendência é que esse processo comece a se inverter neste ano. Faltando um pouco mais de um mês para o início do plantio de inverno na Argentina, as chuvas recentes deixaram os solos em ótimas condições receber as sementes do cereal.


Em alta

US$ 204 é quanto o mercado está oferecendo para o produtor argentino pela tonelada de trigo a ser entregue em janeiro de 2015 – 10% acima do praticado nesta mesma época do ano passado, (US$ 184/t).

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink