Trigo some de armazém em São Paulo
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,140 (0,73%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (0,05%)

Imagem: Paulo kurtz/ Embrapa

INVESTIGAÇÃO

Trigo some de armazém em São Paulo

A estatal acionou a polícia e está a procura de cerca de cerca de 1,6 mil toneladas  do cereal
Por: -Eliza Maliszewski
865 acessos

A Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) vai investigar o desaparecimento de parte do estoque de trigo em sua unidade de Tatuí (SP). A estatal acionou a polícia e está a procura de cerca de cerca de 1,6 mil toneladas do cereal. O volume equivale a 55 caminhões carregados, avaliado em mais de R$ 2 milhões.

Segundo comunicado emitido pela Ceagesp, o desaparecimento diz respeito ao estoque de um único cliente e foi percebido em uma verificação de rotina. Uma sindicância interna também foi aberta. “Por meio do trabalho de monitoramento rotineiro de seus dos estoques, apuramos uma diferença entre o estoque físico e contábil de trigo armazenado na Unidade de Tatuí”, informou, por nota, a companhia.

Os donos do cereal aguardam as investigações da Polícia Federal de Sorocaba para ver que providências vão tomar. 

A Ceagesp tem 33 unidades de armazenagem em todo o estado, com capacidade para estocar 1,72 milhão de toneladas de alimentos. A unidade de Tatuí recebe, segundo a empresa, 1,5 mil toneladas por dia e tem capacidade para 100 mil toneladas, a maior parte de grãos.
 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink