Turismo representa 1/3 da pegada de carbono dos vinhedos
CI
Imagem: Arquivo Agrolink
AUSTRÁLIA

Turismo representa 1/3 da pegada de carbono dos vinhedos

“A indústria vinícola australiana já foi forçada a se adaptar aos efeitos das mudanças climáticas"
Por: -Leonardo Gottems

Pesquisa feita por um cientista australiano e um cientista americano descobriu que as visitas de turistas aos vinhedos australianos são responsáveis por mais de um terço da pegada de carbono do vinho australiano. Os resultados do estudo de Ya-Yen Sun, da University of Queensland, e Donald Drakeman, da University of Notre Dame, representam uma encruzilhada para a indústria do vinho, que é uma das mais afetadas pelas mudanças climáticas e encontrou em enoturismo uma importante fonte de renda. 

“A indústria vinícola australiana já foi forçada a se adaptar aos efeitos das mudanças climáticas, mas se não conseguir conter as emissões associadas ao turismo do vinho, a indústria estará contribuindo para sua própria extinção”, afirmam os pesquisadores. 

Em 2019, o enoturismo contribuiu com quase US$ 7 bilhões para a economia australiana, criando mais empregos e renda do que qualquer outro segmento da indústria. A Enotursimo promove as exportações e fornece suporte financeiro vital para pequenas vinícolas e fazendas familiares que dependem da venda porta a porta de suas vinícolas aos visitantes. Quando os turistas do vinho não estão nos vinhedos e nas salas de degustação, costumam visitar restaurantes locais, bem como atrações culturais, como museus, concertos e festivais. 

No entanto, as uvas para vinho são particularmente suscetíveis a mudanças de temperatura. Na verdade, a indústria do vinho tem sido descrita como "o termômetro da mudança climática" pela forma como a mudança climática está afetando a agricultura. 

Na Austrália, os produtores de vinho já foram forçados a se adaptar às ondas de calor, secas mais extremas, aumento do risco de incêndio e salinidade. Uma pesquisa anterior encomendada pela Wine Australia descobriu que o aquecimento global trará muitas mudanças para a indústria. Por exemplo, as vinícolas australianas podem ter dificuldade para cultivar variedades de clima frio, como chardonnay e pinot noir. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.