UE pode sofrer desastre econômico sem OGMs

OPINIÃO DE ESPECIALISTA

UE pode sofrer desastre econômico sem OGMs

"O comissário defendeu sua posição de continuar importando culturas GM"
Por: -Leonardo Gottems
383 acessos

O Comissário Europeu de Saúde e Segurança Alimentar, Vytenis Andriukaitis, defendeu a posição da União Europeia como o segundo maior importador de soja geneticamente modificada em todo o mundo. Ele mencionou que os argumentos dos críticos da biotecnologia contra a importação de alimentos para animais ou alimentos geneticamente modificados na Europa são "alarmismos" e respondem "uma teoria da conspiração". 

Atualmente, a União Europeia aprovou diversas culturas GM para alimentos e rações, incluindo milho, algodão, soja, canola e beterraba sacarina. Entre os críticos da biotecnologia estão os ativistas da mudança climática e até alguns grupos agrícolas, que rejeitam a importação de culturas GM do Brasil porque o plantio dessas culturas substituiu grandes áreas de florestas tropicais. Vytenis Andriukaiti deixou claro que o cultivo do desmatamento não pode ser responsabilizado, porque essa ação contra a natureza depende da atividade do ser humano. 

"Se você está usando uma agricultura industrial monocultural que está criando problemas, monopoliza o mercado com pessoas lutando para ter mais terra e destruindo a terra, isso é devido aos seres humanos, não à soja", disse ele. 

O comissário defendeu sua posição de continuar importando culturas GM, porque, além de segura, a proibição de produtos levaria a uma crise econômica em toda a União Europeia. Vytenis Andriukaitis enfatiza que as famílias européias não podem garantir alimentos diários se as portas para as importações de transgênicos forem fechadas; se isso acontecer, uma "crise social e econômica imediata" seria desencadeada. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink