Umidade abaixo de 20% aumenta risco de queimadas
CI
Agronegócio

Umidade abaixo de 20% aumenta risco de queimadas

A maior parte dos incêndios está ligada a queimadas ilegais em áreas agrícolas
Por:

A umidade relativa do ar deve chegar a níveis abaixo de 20% nesta quarta-feira (25) no Centro-Oeste e em parte das regiões Norte, Sudeste e Sul. De acordo com o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (Cptec), o tempo seco aumenta o risco de queimadas.

Nesta terça-feira (24), o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registrou 2.528 focos de incêndios em todo o país. Especialistas já calculam que o estrago provocado pelas queimadas este ano pode ser maior do que em 2007, quando foi registrado o maior número de incêndios dos últimos cinco anos.

No Tocantins, um dos estados com maior número de registros de queimadas, o fogo já destruiu 216 mil hectares do Parque Nacional do Araguaia. A situação também é crítica no sul do Pará e em Rondônia.

A maior parte dos incêndios está ligada a queimadas ilegais em áreas agrícolas. Com a estiagem e as altas temperaturas, o fogo se espalha por áreas florestais.

De acordo com o Cptec, nesta quarta-feira (25) a temperatura pode chegar a 38 graus Celsius (ºC) em cidades de Mato Grosso, do Pará, de Rondônia, de Goiás e do Tocantins. Por causa da baixa umidade, a recomendação é evitar fazer atividades físicas ao sol e beber muito líquido.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink