Unesp de Botucatu sedia Centro internacional de pesquisa em agricultura

Agronegócio

Unesp de Botucatu sedia Centro internacional de pesquisa em agricultura

O CABI passa a contar com 11 centros internacionais e estabelece pela primeira vez uma base na América Latina
Por: -Janice
1070 acessos
No dia 13 de abril de 2011, às 14h, será inaugurada na Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais (Fepaf), na Fazenda Experimental Lageado, câmpus da Unesp, em Botucatu/SP, o escritório regional para a América do Sul do CABI (Centre for Agricultural Bioscience International – Centro Internacional de Biociência Agrícola), organização internacional sem fins lucrativos voltada para publicações e projetos de pesquisa nas áreas de agricultura e meio ambiente.

O CABI Brasil estará em boa posição para fortalecer as relações com as principais instituições brasileiras de pesquisa agrícola, como a própria Unesp, a USP e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). A abertura desse escritório também facilitará o aumento das atividades do CABI em outros países da região, como Bolívia e Peru.Com o escritório sediado em Botucatu, o CABI passa a contar com 11 centros internacionais e estabelece pela primeira vez uma base na América Latina. “O Brasil possui uma economia em crescimento e um setor agrícola em grande expansão, com o qual podemos aprender muito”, declarou Yelitza Colmenarez, que chefia o novo escritório do CABI no Brasil. “Em especial, a tecnologia agrícola que o Brasil desenvolveu tem potencial para uso em toda a região, em busca da missão do CABI de ajudar a melhorar vidas por meio da solução de problemas agrícolas e ambientais. Estamos muito empolgados por finalmente possuirmos uma base no País e ansiosos por compartilhar conhecimentos e experiências com novos colegas na pesquisa agrícola.”

Sobre o CABI

O CABI reúne um grupo internacional de mais de quatrocentos cientistas altamente qualificados que atuam buscando combater alguns dos mais desafiadores problemas agrícolas e ambientais da atualidade.
Dentre suas publicações científicas está o “CAB Abstracts”, considerado um dos principais bancos de dados do mundo relativo a agricultura e meio ambiente e “Saúde global”, base de dados bibliográfica sobre informações de saúde pública. Há ainda publicações que abordam temas como ciências veterinárias, ciências ambientais, saúde humana, alimentação e nutrição, lazer e turismo, microbiologia e parasitologia.

Os projetos de pesquisa e desenvolvimento em que o CABI atua incluem diagnóstico e controle de pragas e doenças vegetais, inserção dos pequenos agricultores no mercado global, redução da propagação e do impacto de ervas daninhas invasoras, gestão de conhecimento em agricultura e meio ambiente.

O CABI gerencia uma das maiores coleções mundiais de recursos genéticos de culturas do fungo. O Centro também realiza identificações microbiológicas, fornece culturas para venda e presta consultoria.

Para obter mais informações, acesse www.cabi.org.

As informações são da assessoria de imprensa da Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp - câmpus de Botucatu/SP.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink