União Européia anuncia acordo de metas contra o efeito estufa
CI
Agronegócio

União Européia anuncia acordo de metas contra o efeito estufa

O acordo compromete a Europa com cortes obrigatórios na emissão de gases do efeito estufa
Por:

A União Européia (UE) chegou a um acordo com metas "ambiciosas e dignas de crédito" para combater a mudança climática e as necessidades energéticas do bloco, disse a chanceler alemã Angela Merkel, após uma reunião de líderes do bloco.

O acordo compromete a Europa com cortes obrigatórios na emissão de gases do efeito estufa e exige que um quinto da energia consumida no bloco venha de fontes "verdes", como painéis solares e turbinas de vento. Num gesto polêmico, o acordo reconhece o papel da energia nuclear no combate às emissões de gás carbônico.

"Esta é uma diferença qualitativa nova, em termos da questão das fontes de energia", disse Merkel, ao anunciar o plano, que requer que as emissões de gases do efeito estufa caiam, até 2020 em 20% em relação aos níveis de 1990, e que 20% da energia do bloco venha de fontes renováveis, uma elevação tremenda em relação ao nível atual, de pouco mais de 6%.

Contrariando um parecer científico recente, Merkel disse acreditar que ainda é possível evitar que a elevação global média da temperatura supere os 2ºC. "Podemos evitar o que poderá ser uma calamidade humana", declarou.

O presidente da Comissão Européia, José Manuel Barroso, afirmou que o acordo mostra que a Europa é capaz de dar passos firmes na questão do aquecimento global.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink