Agronegócio

União Europeia autoriza glifosato até final de 2017

Prazo para reavaliação do herbicida
Por: -Leonardo Gottems
2463 acessos

 

O comissário europeu para a Saúde e Segurança Alimentar, Vytenis Andriukaitis, anunciou em Bruxelas a liberação do glifosato por mais 18 meses na União Europeia. A autorização do herbicida mais utilizado no bloco venceria nesta quinta-feira (30.06), mas teve seu uso prorrogado até o final de 2017.

A decisão foi tomada em meio a divergências entre os 28 Estados-membros, que provocaram diversas reuniões do Comitê Permanente de Plantas, Animais, Alimentos de Consumo Humano e Animal da Comissão Europeia. Em meses de debate, os peritos não chegaram a uma maioria qualificada.

Por um lado, França e Malta votaram contra, tendo ainda a Alemanha, Itália, Portugal, Áustria, Luxemburgo, Grécia e Bulgária abstenções. Os outros 19 países aprovaram a proposta da Comissão Europeia de prolongar a autorização por mais nove anos. No entanto, representam apenas 51% da população da União Europeia, ao invés dos 65% necessários pela legislação do bloco.

Com o impasse, a decisão ficou com a Comissão Europeia, que decidiu liberar o glifosato apenas por mais 18 meses. Nesse período, o herbicida será reavaliado pela Agência Europeia de Produtos Químicos (Echa), responsável pela classificação das substâncias químicas.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink