União pode prorrogar isenção

Agronegócio

União pode prorrogar isenção

Por:
412 acessos

O governo federal pode anunciar hoje a prorrogação por 18 meses da isenção de PIS/Cofins na venda de trigo, farinha e pão francês. O benefício termina amanhã, após um ano em vigor. A medida, negociada desde maio pela Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo), é aguardada com expectativa pelo presidente do Sindicato das Indústrias do Trigo do Rio Grande do Sul, Cláudio Furlan, que prefere aguardar posição oficial. "Neste momento, a situação está indefinida."

De acordo com Furlan, a manutenção do benefício seria uma saída para amenizar aumentos, depois que a Câmara de Comércio Exterior recusou o pedido da Abitrigo de retirada da TEC de 10% na compra do cereal de fora do Mercosul, para compensar a quebra de safra na Argentina. O presidente da Abitrigo, Sergio Amaral, previu correção de até 18% no preço do pão e de até 38% no valor da farinha.

No Estado, a expectativa do secretário da Agricultura, João Carlos Machado, é que a governadora Yeda Crusius confirme hoje a prorrogação por seis meses do decreto que reduz de 12% para 2% a alíquota de ICMS na venda do cereal produzido no Rio Grande do Sul para São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink