Unica confirma recorde de moagem de cana no centro-sul

Agronegócio

Unica confirma recorde de moagem de cana no centro-sul

A moagem foi estimada em 371 milhões de toneladas em 2006/07
Por: -Inaê Riveras
2 acessos

Reuters - A moagem de cana-de-açúcar do centro-sul do Brasil foi estimada em 371 milhões de toneladas em 2006/07, ligeiramente acima da previsão de safra divulgada em setembro (370,6 milhões de toneladas), informou a Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar) nesta quarta-feira (20-12).

A estimativa representa uma alta de 10% em relação ao volume colhido na safra passada, de 336,8 milhões de toneladas. "Tanto a produção de açúcar quanto a de etanol foram recordes neste ano", disse a jornalistas o presidente da Unica, Eduardo Pereira de Carvalho. "O nível de açúcar na cana este ano foi espetacular".

Os níveis de sacarose na cana foram 3,8% maiores do que na safra de 2005/06, devido ao clima extremamente favorável durante o período do ano-safra e da colheita. A expansão do plantio de cana brasileira se acelerou nos últimos anos com o aumento da demanda pelo álcool no mercado doméstico e no exterior, além da expectativa de redução da oferta mundial de açúcar com a revisão dos subsídios europeus.

No dia 30 de novembro, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estimou a moagem do centro-sul brasileiro em 368,7 milhões de toneladas. A produção de açúcar deve somar 25,8 milhões de toneladas, ante 26,2 milhões previstos em setembro e contra 22 milhões de toneladas estimadas na temporada 2005/06.

A produção de álcool foi estimada em 15,9 bilhões de litros, contra 15,8 bilhões de litros estimados anteriormente e 14,3 bilhões de litros obtidos na temporada passada. As usinas no centro-sul destinaram 50,4% da produção de cana para a produção de etanol - com o restante dedicado à de açúcar, índice menor do que os 51,7% da safra dedicados ao álcool na última temporada, devido aos preços atraentes do açúcar durante o período da colheita, disse a Unica.

Em 2007/08, a Unica espera que o cenário se altere, com a maior parte da safra de cana destinada à produção de álcool e a menor para a produção de açúcar.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink