Unidade de Cooperativismo inicia atividades em São Miguel das Missões
CI
Agronegócio

Unidade de Cooperativismo inicia atividades em São Miguel das Missões

Cooperativa está legalizada e conta com aproximadamente 60 associados
Por:
Em solo missioneiro foram registradas as primeiras experiências de cooperativismo no Brasil, por meio de ações dos padres jesuítas que chegaram ao Sul do país no início do século XVII. Diante desse contexto histórico, o município de São Miguel das Missões sediou, nessa terça-feira (17-07), a reunião que marcou oficialmente o início das atividades da Unidade de Cooperativismo da Emater/RS-Ascar na região administrativa de Santa Rosa.

O evento de apresentação da equipe de cooperativismo reuniu autoridades e agricultores no plenário da Câmara de Vereadores. A Unidade será composta pela coordenadora, engenheira agrônoma Cléia dos Santos Moraes, pelo contador Roberto Ferreira e pelo administrador Marcos Servat, que contarão também com o apoio de um especialista em desenvolvimento rural e um auxiliar administrativo. “O Programa de Cooperativismo Gaúcho, lançado pelo Governo do Estado, tem como um de seus subprogramas o Programa de Extensão Cooperativa (PEC), desenvolvido pela Emater, que prestará atendimento técnico especializado a cooperativas”, destaca a coordenadora Cléia.

Força nova à COOPAF

A primeira entidade que receberá apoio do grupo será a Cooperativa dos Agricultores Familiares de São Miguel das Missões (COOPAF). Na reunião do dia 17, o presidente da COOPAF, Vilmar Tencatem, assinou o termo de adesão ao Programa de Extensão Cooperativa, que garantirá assistência técnica especializada pelo período de 18 meses.

Os agricultores uniram-se e passaram a debater a criação da Cooperativa ainda em 2005, depois de um período de buscas de novas alternativas de produção, como hortigranjeiros e fruticultura.

“Com o intuito de oportunizar melhores condições aos agricultores, que vêm buscando novas alternativas de geração de renda a partir da produção de hortigranjeiros, a Secretaria Municipal de Agricultura encaminhou projeto em 2005 junto ao Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA). Com a aprovação e a liberação dos recursos para o projeto, em 2006, foi possível a aquisição de veículos, balanças, móveis e equipamentos para a conservação, exposição e armazenamento dos produtos. Também foi possível viabilizar um local com infraestrutura adequada à comercialização dos produtos. Era o princípio da Cooperativa”, conta o extensionista rural da Emater/RS-Ascar, Gomercindo Vargas. Em 2006, houve a assembleia geral para a constituição da COOPAF.

De acordo com o extensionista Edson Santos Leal, hoje, a Cooperativa está legalizada e conta com aproximadamente 60 associados, opera de forma descentralizada e tem, em comodato ou por meio de parcerias com os associados, agroindústrias de derivados de leite, frangos, massas e embutidos de suínos, entre outros.

A COOPAF é a primeira de 28 cooperativas que devem ser atendidas até o final de 2014, na região de abrangência da Emater/RS-Ascar de Santa Rosa.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink