2019

USDA: Área de soja terá novo recorde no Brasil

Área brasileira deve crescer 2%, segundo USDA
Por: -Leonardo Gottems
803 acessos

Uma previsão não oficial do Departamento da Agricultura dos Estados Unidos (USDA) revela que a área plantada de soja no Brasil deve crescer em 2% para 35,8 milhões de hectares. O aumento de área para 2018-2019 é devido a expectativa de preços mais altos, maior demanda de compradores chineses e um aumento do consumo doméstico.  

A produção é prevista para chegar a 115 milhões de toneladas, a segunda maior já registrada. Apesar do recorde de área plantada projetado pelo USDA, a produção deve ser um pouco menor comparado ao ano anterior em função da tendência de produtividade. A produtividade deve estar mais baixa do que em 2017-18 e 2016-17 porque estas safras tiveram condições climáticas ideais em todo o Brasil e um desempenho de novas tecnologias no mercado.

Os custos de produção devem ser um pouco maiores comparado a temporada anterior em função dos custos de pesticidas e fertilizantes mais altos. No entanto, a demanda para esses produtos aumentará em função de maiores perspectivas de plantio. É previsto que a demanda por fertilizantes aumentará em quase 2% para 35 milhões de toneladas em 2018.

Para a safra atual, o USDA aumentou sua previsão de produção brasileira para 115,5 milhões de toneladas em função da excelente produtividade em quase todos os estados produtores e clima excelente nas regiões produtoras. A estimativa é de 3,3 toneladas por hectare de média nacional.  A região sul do Rio Grande do Sul foi a exceção que sofreu com clima errático, mas em geral o clima foi o fator preponderante que ajudou a safra brasileira.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink