SUBVENÇÃO

USDA financia desenvolvimento de defensivos sustentáveis

Escolha pela eficiência dos produtos
Por: -Leonardo Gottems
197 acessos

O Departamento da Agricultura dos Estados Unidos (USDA) selecionou oito projetos de pesquisa da empresa Isca Tecnologias para controlar pestes de insetos e aumentar a produtividade. Na primeira fase, os subsídios são emitidos pelo Programa de Pesquisa e Inovação de Pequenos Negócios (SBIR, na sigla em inglês) e foram concedidos para testar cinco novos produtos para controle de pestes e um que melhora a taxa de polinização da flor de fruta.

Entre os projetos financiados nessa fase, estão previstos finaciamentos para pesquisa de preservação do pinho amarelo e manejo semioquímico do oxicoco para pequenos produtores. Na segunda fase, os subsídios são liberados depois da finalização da fase 1, e ajudam a preparar os produtos para serem comercializados.

Na evolução das pesquisas, serão incluídos projetos relacionados com a Broca do Café, polinização de abelhas em áreas de destino seguras, semioquímicos como escudo do besouro do pinheiro, manejo semioquímico por drones, produção biológica de feromônios e um repelente orgânico do cascudinho.

O USDA libera um total de US$ 24 milhões nos dois programas, beneficiando empresas com menos de 500 empregados. A Isca Tecnologias está sediada na cidade de Riverside, Califórnia, e possui filial no Brasil. Desenvolve, testa e vende soluções de manejo ambientalmente sustentáveis. A empresa tenta revolucionar o controle de pestes através do desenvolvimento de métodos que não prejudicam outras criaturas e reduzindo drasticamente aplicações de pesticidas.

 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink