USDA informa que o Brasil deve liderar exportações de carne em 2004
CI
Agronegócio

USDA informa que o Brasil deve liderar exportações de carne em 2004

Por:

O Brasil deverá liderar o ranking dos maiores exportadores mundiais de carne bovina em 2004, depois que a doença da vaca louca reduziu bastante os embarques dos Estados Unidos e do Canadá, informou o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) nesta quinta-feira (01-04).

O Brasil, segundo o USDA, deverá embarcar 1,35 milhão de toneladas de carne bovina em 2004, ultrapassando a Austrália para assumir a liderança na exportação mundial. No ano passado, o Brasil exportou 1,18 milhão de toneladas.

"O Brasil deu passos largos na direção de elevar sua produção, que deve crescer 4% em 2004", afirmou o USDA em seu relatório mensal sobre os mercados de carne bovina e de frango. A descoberta do mal da vaca louca nos EUA em dezembro fez 60 países suspenderam compras do país, estimadas em 3,8 bilhões de dólares por ano.

Se os mercados continuarem fechados para a carne dos EUA neste ano, o USDA estima que a participação do país no mercado internacional do produto cairá de 18% para 3%. O Brasil e a Austrália estão ocupando este espaço. Os exportadores brasileiros dobraram o número de países para os quais vendem e devem ocupar mercados como os de Hong Kong, antes servidos pelos norte-americanos, disse o órgão.

Já o Japão e a Coréia do Sul, também tradicionais compradores dos EUA, devem adotar a Austrália como fornecedor. O governo norte-americano anunciou recentemente que superou o problema com vaca louca e pediu a reabertura dos mercados, o que ainda não aconteceu.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink