USDA mantém estimativa para safra de soja do Brasil e aumenta da Argentina


Agronegócio

USDA mantém estimativa para safra de soja do Brasil e aumenta da Argentina

Por: -Admin
2 acessos

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) manteve a previsão de safra de soja do Brasil em 2002/03, mas elevou a sua estimativa para a produção da Argentina no relatório de março, divulgado nesta terça-feira. Para a produção brasileira em 2002/03, o USDA trabalha com uma safra de 51 milhões de toneladas. Para a Argentina, o USDA prevê safra de 35 milhões de toneladas, contra 33,5 milhões do relatório anterior.

As exportações brasileiras foram reduzidas de 21 para 20,8 milhões de toneladas e o esmagamento interno caiu de 28,5 milhões para 28,3 milhões de toneladas. Os estoques finais brasileiros est��o projetados agora em 11,33 milhões de toneladas, contra 10,93 milhões em fevereiro. Em relação às exportações argentinas, o USDA elevou a previsão de 9,3 milhões de toneladas para 9,7 milhões. O esmagamento passou de 23,4 para 24,2 milhões de toneladas. Os estoques finais argentinos na temporada 2002/03 estão previstos em 10,37 milhões de toneladas, contra 10 milhões em fevereiro.

O USDA manteve a estimativa de produção da China em 16,4 milhões de toneladas, mas revisou as importações de 15 milhões para 16 milhões de toneladas. Os estoques finais chineses estão estimados em 1,98 milhões de toneladas. A produção mundial de soja está estimada em 194 milhões de toneladas e o carryover em 30,99 milhões de toneladas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink