Uso de carvão mineral na produção de fertilizantes
CI
Agronegócio

Uso de carvão mineral na produção de fertilizantes

Projeto de uma nova fábrica do setor está sendo analisada em SC
Por:

Projeto de uma nova fábrica do setor está sendo analisada em Santa Catarina

O Ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, acompanhado dos Ministros da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Neri Geller, e da Ciência, Tecnologia e Inovação, João Alberto de Negri, , recebeu na última semana o CEO da empresa norte americana TransGas, Adam Victor, para discutir proposta de instalação de uma fábrica de produção de fertilizantes a partir do carvão mineral brasileiro em Santa Catarina.

O investimento seria da ordem de 2,7 bilhões de dólares e deverá gerar mais de cinco mil postos de trabalho na construção e cerca de 1.200 empregos diretos na operação e manutenção da planta. O prazo para implantação é estimado em 39 meses. Adam Victor ressaltou que a tecnologia utilizada na gaseificação do carvão mineral para a fabricação de fertilizantes é limpa.

O Ministro Lobão destacou a importância do empreendimento para o desenvolvimento econômico e industrial do país e, em especial, para Santa Catarina, detentor de grandes reservas de carvão mineral. Lembrou ainda que o Brasil, um dos maiores exportadores de produtos agrícolas, é fortemente dependente de fertilizantes.

A expectativa é de que a indústria nacional seja demandada em mais de um bilhão de dólares em produtos específicos, entre eles, o aço, do qual o projeto é grande consumidor.
 

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink