Uso de enzimas pode melhorar saúde das aves

Agronegócio

Uso de enzimas pode melhorar saúde das aves

“Otimizar nutrientes da dieta é um dos pontos mais importantes”, diz especialista
Por: -Renata
329 acessos
Produzir com custos competitivos ainda é um dos grandes desafios da avicultura. As crescentes pressões pela redução do uso de antibióticos promotores de crescimento exigem criatividade dos nutricionistas. Diante deste quadro, o uso de enzimas na dieta das aves pode contribuir para um melhor aproveitamento de nutrientes e ainda reduzir o custo da ração, diminuindo o uso de nutrientes.

De forma geral, as enzimas facilitam a digestão e melhoram a saúde intestinal dos animais. Os benefícios podem ser observados no ganho de peso, rendimento de carcaça e ainda na possibilidade de se reduzir o uso de ingredientes, explicou o PHD em nutrição animal e Diretor de Enzimas da Novus International, Nasser Odettalah.

Ele destaca que as enzimas também ajudam a reduzir os fatores anti-nutricionais dos ingredientes da ração. “É muito importante a conscientização da não utilização de antibióticos promotores de crescimento, e as enzimas podem ajudar neste trabalho. Você pode obter o mesmo desempenho e reduzir ingredientes, que é muito útil para a granja e para o meio ambiente. Otimizar os nutrientes na dieta é um ponto muito importante, especialmente hoje”, afirmou Odetallah durante a palestra “Otimizando a utilização de nutrientes em alimentação animal: o papel das enzimas”, para 115 técnicos e pesquisadores de agroindústrias, granjas e universidades de vários países da América Latina. O encontro, que aconteceu em Atibaia, faz parte do projeto Nutrition for Tomorrou alliance.

Nutrition for Tomorrow alliance
O programa Nutrition for Tomorrow alliance é uma parceria entre as empresas Novus, Nutron, Bunge, CJ e Elanco. O objetivo é promover uma série de debates sobre nutrição animal. “Queremos levar mais conteúdo aos produtores”, destacou o Gerente de Marketing para a América Latina da Novus, Victor Walzberg.

Durante o encontro, as empresas organizaram um treinamento em nutrição de frangos, matrizes e poedeiras, ministrado pelo Professor da Universidade Guelph, do Canadá, Steve Leeson. “Reunimos nutricionistas de empresas clientes com a finalidade de que os assuntos sejam apresentados e esgotados. E mais que isso, que os participantes conheçam informações de diferentes pesquisadores”, afirmou o Diretor Técnico da Nutron, Antônio Mário Penz.

Lesson apresentou os excelentes resultados da indústria brasileira em matrizes pesadas, superando resultados de outros países. Em suas apresentações, ele acrescentou novas informações para que a nossa indústria continue obtendo resultados eficientes. Para isso, reforçou a importância do cuidado na uniformidade das aves na fase de recria e também cuidado para que as aves não cheguem leves no inicio de produção.

As informações são de assessoria de imprensa.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink