Vacinação contra a aftosa em desenvolvimento no Paraná

Agronegócio

Vacinação contra a aftosa em desenvolvimento no Paraná

Nos 399 municípios do estado, 207 mil propriedades com bovídeos estão cadastradas no serviço de defesa agropecuária
Por:
1366 acessos
Os 9,6 milhões de bois e búfalos do Paraná são alvo da campanha nacional de vacinação contra a febre aftosa, iniciada na segunda-feira, 1.º de novembro e que se estenderá durante todo o mês, até o dia 30. Nesta etapa, todos os animais precisam ser vacinados.

“O estado é área livre de febre aftosa com vacinação, o que garante o acesso dos produtos paranaenses aos mercados. Os órgãos federais, estaduais, empresários e produtores rurais desejam, o quanto antes, que o status da região seja livre da doença sem vacinação. Para isso, é essencial imunizar todo o rebanho”, diz o superintendente de Agricultura do Paraná, Daniel Gonçalves Filho.

O lançamento da campanha aconteceu na quinta-feira, 28 de outubro, no município de Francisco Beltrão, no Sítio Laranjal, que fica na Rodovia PR 180. O material de divulgação está sendo distribuído nos Escritórios de Atendimento à Comunidade da Secretaria da Agricultura nas rádios locais.
Nos 399 municípios do estado, 207 mil propriedades com bovídeos estão cadastradas no serviço de defesa agropecuária. Após aplicar a dose, o pecuarista deve levar o comprovante, até 30 de novembro, a um dos 343 Escritórios de Atendimento à Comunidade (EAC) do Paraná.

Na etapa de maio, que incluiu apenas os animais com menos de 24 meses, a cobertura vacinal foi de 96% do total. “A meta para esta fase é alcançar todos os bois e búfalos. Estamos trabalhando para atingir este objetivo”, afirma o superintendente de Agricultura.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink