Vacinação em massa erradicou há oito anos a febre aftosa em Minas Gerais
CI
Agronegócio

Vacinação em massa erradicou há oito anos a febre aftosa em Minas Gerais

Por:

O rebanho bovino de Minas Gerais está há oito anos livre de febre aftosa, segundo o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA). O programa de vacinação em massa que ocorre em Minas desde a década de 70 é o responsável pelo feito.

Com objetivo de manter a imunidade e erradicar a doença no estado, durante todo o mês de março será realizada mais uma etapa de vacinação contra a doença no Circuito Pecuário Leste - que inclui 565 municípios mineiros localizados na margem direita dos rios Grande e São Francisco, mais os estados da Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Sergipe.

Até 31 de março, a expectativa do governo do Estado é que na área mineira do circuito (regiões Central, Zona da Mata, Norte de Minas e Nordeste de Minas), sejam imunizados em torno de 10 milhões de bovinos. Nesta etapa são vacinados animais de todas as idades nas 240 mil propriedades envolvidas. A vacinação ocorre duas vezes ao ano para reses novas e uma vez para animais adultos.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink