Veja como foi a quinta-feira (03.12) pelo Brasil
CI
Imagem: Marcel Oliveira
AGROTEMPO

Veja como foi a quinta-feira (03.12) pelo Brasil

Entre a amanhã (04/12) e o sábado (05/12) este sistema frontal avançará em direção à Região Sudeste do Brasil
Por: -Aline Merladete

No decorrer do dia de hoje, por conta do calor e umidade disponível, tivemos vários temporais isolados no MT, AM, Roraima, e sul do PA e alguns no TO. Nas regiões entre o MS, norte do PR, SP e MG o tempo foi instável. Isso por conta da atuação de um cavado – região alongada de baixa pressão –  somado aos ventos quente e úmido que vem da região amazônica, alinhados com a frente fria formada pela região de baixa pressão que atuou ontem nos estados do sul, vindo a formar um ciclone extratropical no oceano.

Para os próximos dias,  a faixa Norte e Nordeste do país, o tempo será de estabilidade, podendo ocorrer alguma chuva isolada na faixa ocidental da região amazônica, por conta do calor e umidade disponível, mas no geral não terá acumulados significativos.  No litoral do Nordestino,  a circulação em superfície favorecerá chuva fraca e passageira em alguns pontos. Já na faixa centro-sul do país o tempo continuará com bastante instabilidades, devido a presença de um cavado, aliado ao fluxo de umidade, ao calor e a frente fria que continuará atuando no oceano.  

Entre a amanhã (04/12) e o sábado (05/12) este sistema frontal avançará em direção à Região Sudeste do Brasil pela costa e mudando o tempo. Na faixa leste entre o sul e sudeste, a condição é de aumento de nuvens e chuva, mas não muito volumosa à princípio. Já em áreas do interior do Sudeste e até a BA, nestes dias, o sistema frontal não atuará de forma direta, mas alinhará a umidade em direção ao interior. Por isso, haverá condições para pancadas de chuva mais fortes, com volumes pontuais mais significativos. Enquanto isso, na Região Sul do Brasil, a influência será da circulação de alta pressão pós-frontal deixando o tempo mais seco no RS, em especial na parcela sul do estado.

E entre SC e PR na sexta-feira e no sábado, haverá aumento significativo dos volumes de chuva, associada a essa circulação pós frontal, com os ventos de leste, levando umidade do mar em direção ao continente. No domingo (06/12) e na segunda-feira (07/12) um outro cavado avançará em direção ao Sudeste do Brasil, o que aumentará as condições de chuva. Além disso, a instabilidade estará alinhada em direção ao interior do continente até a Região Norte do país.  Na terça-feira (08/12) este cavado favorecerá a formação de uma baixa pressão e a instabilidade se manterá principalmente entre o ES, RJ, MG e norte e nordeste de SP.  Com a passagem do sistema frontal e o aumento das chuvas, a temperatura declina um pouco em áreas do Sul do Brasil no sábado e pelo leste do Sudeste posteriormente.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink