MERCADO

Venda de agroquímicos deve crescer 17% na Argentina

Faturamento, porém, será de apenas 2%
Por: -Leonardo Gottems
228 acessos

As vendas de agroquímicos devem crescer 17% em termos de volume na Argentina este ano, com o aumento do investimento por parte dos produtores em tecnologia. A avaliação é do presidente da empresa Red Surcos, Sebastián Calvo, que aponta ainda um aumento de faturamento na ordem de 2%.

De acordo com ele, o ganho financeiro não acompanha a quantidade de vendas porque houve uma baixa de aproximadamente 15% nos preços praticados pelo mercado. A eliminação das chamadas “rentenções” (impostos sobre exportações) mudou radicalmente as margens de lucro bruto por hectare.

Antonio Cavaglia, responsável pelo Marketing de Red Surcos, aponta que a relação insumo/produto, ou a quantidade de grãos necessários para a compra de produtos, está sendo a mais favorável da última década. Ele destaca ainda que as diversas opções de financiamento disponíveis atualmente favorecem esse quadro de maior investimento do agricultor em tecnologia.

“O faturamento total das empresas vai crescer, mas muito poco, provavelmente em torno a 2%. Por outro lado, o que vai aumentar muito são os volumes vendidos, que calculamos para todo o mercado em torno de 17% [...] Os insumos estão baratos e as taxas de financimento estão muito boas”, projeta Calvo.

Cavaglia destaca o crescimento que se registrou na venda de herbicidas para o vazio sanitário do milho, resultado da expansão desta cultura pelo segundo ano seguido. De acordo com ele, os produtos mais comercializados foram o glifosato, 2,4-D e Paraquat. 

Sobre o futuro, Calvo afirma que um fator determinante é a nova legislação ambiental chinesa: “Hoje estamos vendo a China com fortes restrições ambientais, o que está gerando um massivo fechamento das fábricas que elaboravam os princípios ativos usados na fabricação de agroquímicos. Isso fará com que falte produto, o que pode impactar nos preços”.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink