Venda de leite in natura será fiscalizada na terça-feira

Agronegócio

Venda de leite in natura será fiscalizada na terça-feira

Por:
1 acessos

Os estabelecimentos comerciais de Campo Grande serão alvo, a partir de terça-feira (01-03), da fiscalização da Vigilância Sanitária do Município e Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegeral) para combater a venda de leite in natura.

A ação quer coibir a venda de leite caipira, não pasteurizado, na Capital. Durante as últimas semanas os dois órgãos realizaram reuniões para definir as estratégias para o combate à venda irregular. Os fiscais vão percorrer cinco regiões da cidade e a ordem será a apreensão, autuação e aplicação de multa, que podem variar chegar de R$ 3,3 mil até R$ 7 mil reais.

A pena para quem vende produtos considerados impróprios ao consumo é de dois a cinco anos de prisão.Os vendedores de leite caipira que já tiverem antecedentes terão a pena agravada. A ação vai contar com participação de fiscais, veterinários e apoio da Polícia Militar. Segundo estimativa da Associação de Vendedores de Leite Caipira, Campo Grande tem cerca de 900 vendedores de leite in natura.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink