Venda do Reino Unido é suspensa

Agronegócio

Venda do Reino Unido é suspensa

O Brasil não importa animais vivos da Inglaterra e que o governo avaliará com muita tranqüilidade as posições que adotará
Por:
364 acessos

O secretário de Defesa Agropecuária, Inácio Kroetz, disse que o comércio de alguns produtos vindos do Reino Unido será suspenso temporariamente para evitar expor o rebanho brasileiro ao risco de contaminação por um foco de febre aftosa no Reino Unido.

Ele não citou quais serão as restrições comerciais com o país. O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, explicou que o Brasil não importa animais vivos da Inglaterra e que o governo avaliará com muita tranqüilidade as posições que adotará, até esta quarta-feira (08-08) , com relação a esse foco.

Temos de analisar isso com muita tranqüilidade, sem que tomemos as mesmas medidas precipitadas tomadas contra o Brasil e que não gostamos - afirmou.

A aftosa é uma doença contagiosa, causada por vírus de fácil multiplicação, que ataca caprinos, ovinos, bubalinos, suínos e, principalmente, bovinos. Para conter a propagação da doença, é preciso abater os bovinos doentes e aqueles que tiveram contato com os animais infectados.

Em 2001, o Reino Unido registrou um surto de febre aftosa que resultou na morte de 6 milhões de animais. Para a iniciativa privada, a descoberta do foco em fazenda, localizada a 50 quilômetros de Londres, mostra que nenhum país está livre de ter problemas sanitários. Cada um precisa cuidar de sua casa, comentou o presidente do Fórum Nacional Permanente de Pecuária de Corte da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Antenor Nogueira.

Já o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Mato Grosso do Sul (Famasul), Ademar Silva Junior, aposta que o Brasil pode aumentar as vendas de carne para países que antes da Inglaterra.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink