Vendas de comida pronta caem 20% e no comércio 4% neste Natal em Cuiabá

Agronegócio

Vendas de comida pronta caem 20% e no comércio 4% neste Natal em Cuiabá

Na área da alimentação, as vendas de pratos prontos chegaram a cair 20%
Por:
285 acessos

Na área da alimentação, as vendas de pratos prontos chegaram a cair 20%

As vendas neste Natal no comércio varejista e de comidas prontas foram menores em relação há 2015. O comércio registrou recuo de 4%, segundo a Câmara de Dirigentes Lojistas de Cuiabá (CDL-Cuiabá), e em até 20% para alguns estabelecimentos que vendem comidas prontas. A perspectiva dos comerciantes é que haja uma reação positiva no Ano Novo.

O comércio em Cuiabá registrou no mês de dezembro um incremento de 9,4% nas vendas frente a novembro, contudo ao se comparar com dezembro de 2015 verificou-se uma queda de 4% nas vendas deste Natal.

Segundo a Câmara de Dirigentes Lojistas de Cuiabá, a redução média de 4% foi constatada após sondagem com os lojistas, onde foi possível observar uma variação de resultados com base no segmento e nas estratégias usadas por cada empresa. 

Ainda segundo a CDL-Cuiabá, a criatividade, promoções, atendimento e opções diversificadas de presentes ajudaram os comerciantes a driblar o cenário econômico e a fazer diferença em alguns casos. 

O presidente da entidade representante dos lojistas, Nelson Soares, afirma que o "resultado nos anima, apesar de ter tido uma queda comparando com o ano passado, foi um número menor do que o previsto em algumas pesquisas e isso pode aumentar a confiança dos empresários para 2017".

Na área da alimentação, as vendas de pratos prontos chegaram a cair 20% em comparação a data festiva em 2015. “O recuo é decorrente a situação financeira do país. Esperamos que haja uma reação positiva no Ano Novo, pois nem todos estão viajando”, comenta o proprietário do Frango na Brasa, Eli Correa.

De acordo com Eli Correa, o frango assado sai a R$ 30, enquanto cortes de suíno como a costela e o pernil a R$ 45,90 e R$ 54,90 o quilo, respectivamente. “Diante a este momento econômico mantivemos os preços praticados, mesmo alguns ingredientes tendo apresentado aumento de preço, como é o caso do alho”. Correa comenta ainda que as vendas de pratos prontos em todo o ano de 2016 registrou queda de 10% a 15% em relação aos 12 meses de 2015.

Horário estendido

Conforme a Câmara de Dirigentes Lojistas de Cuiabá, o comércio segue com horário estendido até sexta-feira, 30 de dezembro. No sábado, 31, as lojas ficam abertas até às 18, inclusive nos Shopping Centers. 

No domingo, 1º de janeiro, as lojas não abrem.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink