Vendas de defensivos crescem 2% nos primeiros meses do ano

Agronegócio

Vendas de defensivos crescem 2% nos primeiros meses do ano

Dentre as diversas categorias de defensivos, as vendas de herbicidas foram as que tiveram maior crescimento de janeiro a maio desse ano: 12%
Por:
444 acessos

Segundo a Associação Nacional de Defesa Vegetal (ANDEF), nos cinco primeiros meses de 2009 o mercado brasileiro de defensivos agrícolas apresentou crescimento de 2% nas vendas, quando comparado ao mesmo período de 2008.

Após a disparada de preços desses produtos em 2008, em função da alta das commodities agrícolas e do barril de petróleo no mercado internacional, em 2009 as cotações dos defensivos começaram a retornar aos patamares anteriores à valorização da soja e do milho.

De alguma forma, esse comportamento atual de preços pode ter influenciado o aumento da demanda.

Segundo a ANDA, dentre as diversas categorias de defensivos, as vendas de herbicidas foram as que tiveram maior crescimento de janeiro a maio desse ano: 12%. Já as vendas de inseticidas recuaram 17%.

A expectativa anterior da Associação, para 2009, era de queda de 10% no volume comercializado de defensivos.

No ano anterior, o Brasil a primeira colocação no ranking de comercialização de defensivos, posição antes ocupada pelos Estados Unidos.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink