ROBUSTO

Vendas de inoculantes devem crescer 10% em 2017

Vendas têm crescimento sustentado nos últimos quatro anos
Por: -Leonardo Gottems
337 acessos

No ano passado, a Associação Nacional dos Produtores e Importadores de Inoculantes (ANPII) teve seu melhor desempenho de vendas dos últimos quatro anos. De 2012 a 2016, o número de doses comercializadas saltou de 22 milhões de doses para mais de 50 milhões de doses de inoculantes.

Para 2017, a associação estima chegar a 55 ou até 60 milhões de doses dos produtos. Estes dados serão confirmados no próximo balanço do setor, que está agendando para ser liberado no segundo semestre do ano que vem.

Para Solon Araújo, consultor da ANPII, apesar das instabilidades do agronegócio brasileiro, o ano está bastante positivo em relação às vendas de inoculantes. O fato reforça o crescimento da adesão aos produtos recentemente. “As pesquisas mostram um aumento médio, em todo o país, de 8% nas lavouras de soja com o uso anual de inoculante”.

Em 2016, o produto mais vendido e que deve seguir sendo o mais vendido é o destinado para a cultura da soja, com 35 milhões de doses líquidas e 11 milhões de doses de inoculante turfoso. Segundo a ANPPI, os dados também revelam uma adequação do produtor às recomendações de aplicação. “Além de ser uma opção mais ágil, a inoculação no sulco tem se mostrado mais produtiva, pois os efeitos negativos dos fungicidas e outros produtos utilizados no tratamento de sementes são minimizados por este sistema de aplicação”, explica Solon.

Outro fator destacado pela associação é o crescimento de inoculantes para gramíneas, que chegou a 4,5 milhões de doses ou um salto de 78% na comparação com 2011. “Ensaios de campo, executados por órgãos de pesquisa, tem demonstrado aumentos médios em torno de oito sacas/ha, tanto em milho como em trigo. Em arroz o resultado tem sido um pouco menor, em torno de cinco sacas, mas ainda assim altamente compensador. O uso deste produto em pastagens é uma excelente ferramenta para recuperar vastas áreas hoje degradadas”, conclui Solon.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink