Vendas externas catarinenses crescem apenas 3,45% neste ano


Agronegócio

Vendas externas catarinenses crescem apenas 3,45% neste ano

Por:
3 acessos

As vendas de produtos catarinenses ao exterior atingiram US$ 279,3 milhões em março, o que resultou num crescimento de 4,48% com relação a fevereiro deste ano. Os números levantados pela Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), com base nos dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, indicam que também houve crescimento de 3,45% no primeiro trimestre de 2003 na comparação com os três primeiros meses do ano passado.

Segundo o presidente do Sistema FIESC, José Fernando Xavier Faraco, o desempenho das exportações catarinenses conserva a trajetória de crescimento mesmo com as recentes quedas do dólar frente ao real e com a retração de importantes mercados como a Rússia, Japão e Arábia Saudita. "O cenário internacional e a situação do câmbio em queda podem influenciar na participação de Santa Catarina no mercado internacional, mas por enquanto o estado registra um crescimento dentro da média dos últimos anos", salientou Faraco.

O frango, que lidera a lista dos dez produtos mais exportados por Santa Catarina, com um resultado de US$ 123,1 milhões no primeiro trimestre deste ano, vendeu 4,66% menos que no mesmo período de 2002. Os maiores crescimentos de janeiro a março de 2003 ficaram com blocos de cilindros para motores (45,83%), motores e geradores elétricos (26,28%), ladrilhos de cerâmica e esmaltados (20,39%), e móveis de madeira, com vendas 17,39% superiores ao mesmo período de 2002.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink