Vendas externas de carnes têm aumento de volume e de receita no ano

Agronegócio

Vendas externas de carnes têm aumento de volume e de receita no ano

Carnes completaram os dois primeiros terços de 2014 registrando aumento de 2,5%
Por:
453 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.
As carnes completaram os dois primeiros terços de 2014 registrando aumento de 2,5% no volume exportado e de quase 3% na receita cambial.

Mas, neste último resultado, não contaram com a contribuição da carne de frango. Pois a despeito de o volume embarcado ter aumentado 1,7%, uma queda de 6,2% no preço médio (ocasionada pelo produto in natura) puxou para baixo a receita cambial da carne de frango, que recuou 4,6% no período. Não foi, porém, uma queda isolada. Pois acompanhada por significativo retrocesso – no volume, no preço médio e na receita cambial – da carne de peru.

Quem também apresentou retrocesso no volume embarcado – a despeito das boas perspectivas de mercado – foi a carne suína. No entanto, o menor volume foi amplamente compensado por significativo aumento no preço médio. Com isso, a carne suína fechou os primeiros oito meses de 2014 com incremento de mais de 10% na receita cambial. 

A carne bovina é, até aqui, a única a registrar evolução positiva tanto no volume como no preço médio e, por decorrência, também na receita cambial, que aumentou 12,70% no acumulado janeiro-agosto de 2014.

Em função desse desempenho, a carne bovina aumentou sua participação na receita cambial do complexo “carnes” – de 37,9% nos oito primeiros meses de 2013 para 41,5% neste ano. Um incremento de 9,6%.

Já a carne de frango viu sua participação recuar 7,3% - de 49,1% da receita cambial total para 45,6% - enquanto a carne suína caminhou com idêntico índice, mas na direção oposta: aumento de pouco mais de 7% na participação – de 8,04% para 8,62% da receita cambial total. 
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink