Vendas externas de ovos férteis retrocedem ao menor nível dos últimos 11 meses

Agronegócio

Vendas externas de ovos férteis retrocedem ao menor nível dos últimos 11 meses

As exportações brasileiras de ovos férteis destinados à produção de pintos de corte totalizou 10,077 milhões de unidades
Por:
233 acessos

Em outubro passado, as exportações brasileiras de ovos férteis destinados à produção de pintos de corte totalizou 10,077 milhões de unidades (perto de 28 mil caixas de 30 dúzias cada), resultado que representou queda de 2% sobre o mês anterior e de 19% sobre outubro de 2015.

Esse foi, não só, o maior índice de queda do ano mas, também, o menor volume exportado nos últimos 11 meses. E faz com que o total acumulado no ano – pouco mais de 115 milhões de unidades – retroceda mais de 4% em relação aos mesmos 10 meses do ano passado.

Mais sensível, porém, é a redução observada no período decorrido entre novembro de 2015 e outubro de 2016: quase 8,5% a menos. O que faz com que o total acumulado nos últimos 12 corresponda ao segundo pior resultado dos últimos seis anos. Ou seja: abaixo do atual acumulado (135,477 milhões de unidades), somente os 101,878 milhões de unidades exportadas entre novembro de 2012 e outubro de 2013.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink