Agronegócio

Viés baixista continua no milho – Análise Agrolink

Futuros no nível mais baixo desde agosto de 2010
Por: -Leonardo Gottems
2146 acessos


A Bolsa de Cereais de Chicago registrou nesta terça-feira (01.10) baixa de 2 de centavos de dólar no preço do milho nos contratos de Dezembro deste ano, fechando em US$ 4.39. Os futuros foram empurrados para o nível mais baixo desde agosto de 2010.

 
No último relatório COT, os especuladores já detinham uma alta posição líquida recorde. A previsão do tempo no longo prazo apontam algumas perspectivas de geada nas Dakotas. Em Minnesota deve ocorrer já na noite de domingo, mas mesmo estes fatores parecem não ter diminuido o sentimento baixista, com os relatórios de produtividade continuando a vir com expectativas de produção altas.

 
Mesmo se não houver geada forte nessas áreas, o impacto no rendimento pode ser mínimo. O Brasil exportou 3,45 milhões de toneladas de milho em setembro, acima dos 3,05 milhões de agosto e 3,15 milhões de toneladas no ano passado.
 
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink