Vigilância sanitária do RS barra carne irregular

Agronegócio

Vigilância sanitária do RS barra carne irregular

O destino da carne era o Frigorífico Brenda em Caçapava do Sul
Por: -Redação
1 acessos

A vigilância sanitária do Rio Grande do Sul apreendeu na manhã desta quarta feira (17-01), no posto de fiscalização de Torres, 29 toneladas de carne com osso - costela e ponta de agulha - provenientes de Ariquemes, Roraima. Segundo o supervisor regional da Secretária de Agricultura e Abastecimento (SAA), Reny Machado,"a carne foi barrada, o veículo foi multado e está retornado à sua origem. O destino da carne era o Frigorífico Brenda em Caçapava do Sul. O produto estava mal acondicionado, inclusive no assoalho do veículo, era carne com osso e temos que ressaltar que é pelo osso que entra o vírus da aftosa", afirma o supervisor da SAA.

À tarde, um segundo caminhão, com 26 toneladas de carne sem osso, oriundo do Mato Grosso, e cujo destinatário era Alexandre Mattos Reicherd, em Canoas, também foi barrado. De acordo com o supervisor Reny Machado, "o certificado sanitário diz que se trata de carne congelada, só que, para que a mesma possa entar em nossso Estado, ela tem que ser maturada e congelada. Portanto não reconheço esse certificado e também está retornando às suas origens, em Colíder/MT".

O coordenador da comissão de Bovinocultura de Corte da Farsul, Carlos Simm, exalta o trabalho da secretaria e diz que "uma das prioridades desta comissão é dar apoio a vigilância sanitária, de modo que o produto gaúcho esteja sempre protegido, e o mercado da nossa carne, garantido, evitando assim riscos desnecessários à nossa produção". As informações são da assessoria de imprensa da Farsul.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink