Vinícolas do Vale dos Vinhedos tem treinamento sobre segurança

Agronegócio

Vinícolas do Vale dos Vinhedos tem treinamento sobre segurança

O treinamento faz parte do Programa Juntos para Competir para a cadeia produtiva da uva e do vinho
Por:
1 acessos

As vinícolas associadas à Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale) que compõem o consórcio de exportação de vinhos Wines from Brazil, estão participando, do Treinamento em Gestão de Segurança do Alimento em Vinícolas - Sistema de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC) aplicado ao processo de elaboração de vinhos.

A capacitação, esta sendo realizada de 26 a 28 de abril, em Bento Gonçalves, RS, na Sede da Embrapa Uva e Vinho, unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

O principal objetivo é apresentar os conceitos referentes à segurança de alimentos e pré-requisitos do Sistema APPCC aos responsáveis técnicos e enólogos, tornando-os facilitadores de futuras implantações da gestão de segurança em vinícolas.

O treinamento faz parte do Programa Juntos para Competir para a cadeia produtiva da uva e do vinho, que é uma iniciativa de seis instituições Sebrae/RS, Senar, Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul), Instituto Brasileiro do Viinho (Ibravin), Embrapa e Aprovale. Dentro do planejamento do Programa até o ano de 2007, serão realizadas ações de capacitação e treinamentos voltados à gestão empresarial e empreendedorismo, entre outras, visando à ampliação da capacidade competitiva da vitivinicultura.

Segundo Fagoni Calegario, pesquisadora da Embrapa Uva e Vinho e coordenadora do Curso, a adoção do sistema nas vinícolas é importante para o consumidor obter um produto com segurança comprovada.

Informa que além dos princípios do sistema APPCC, no treinamento serão apresentados cases de implantação de sistemas de gestão de qualidade e segurança em vinícolas do Brasil e da Argentina, oportunizando a discussão pelos participantes dos aspectos práticos do processo.

Este primeiro treinamento em APPCC, visa estimular a adoção de boas práticas agrícolas nos vinhedos e boas práticas de fabricação nas vinícolas. As boas práticas são os procedimentos que garantirão as condições higiênico-sanitárias adequadas para as empresas que decidirem implementar o Sistema APPCC.

No caso da segurança alimentar do vinho, o sistema pode ajudar a detectar e prevenir perigos biológicos, químicos ou físicos nas etapas do processo de uma vinícola. "Ao adotar-se a APPCC todos os elos da cadeia só têm a ganhar, afinal, nenhum de nós quer correr riscos ao consumir alimentos", conclui Fagoni.

Além da APPCC, também integram o Programa os seguintes treinamentos: Educação Ambiental visando a sustentabilidade na produção de uva e vinho (de 2 a 6 de maio), Boas práticas agrícolas na viticultura (de 30 de maio a 3 de junho) e Melhoria da eficiência da segurança dos tratamentos fitossanitárias (de 14 a 17 de junho).

Saiba mais:

O sistema APPCC está sendo adotado por empresas alimentícias em todo o mundo, como uma forma de garantir a produção de alimentos seguros. No Brasil, surgiu na década de 90, e passou a ser exigido, em especial, no segmento de pesca e carnes, pelos países importadores.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink