Visitas técnicas divulgam PGPM-Bio no interior do Pará

Agronegócio

Visitas técnicas divulgam PGPM-Bio no interior do Pará

Além do açaí, andiroba também obtém garantia de preço pelo PGPM-Bio no PA
Por:
919 acessos

Ao longo de toda esta semana, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) visita as cidades de Abaetetuba, Colares e Santo Antônio do Tauá, no interior do Pará para divulgar a Política de Garantia de Preços Mínimos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio) para extrativistas das cadeias produtivas de andiroba e açaí. A ação conta com a parceria do Ministério do Meio Ambiente e da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário da Casa Civil (Sead).

No Pará, o objetivo da Conab é aumentar o número de acessos pelos extrativistas à PGPM-Bio, que garante preço mínimo para 15 produtos da sociobiodiversidade em todo o Brasil. Nesta fase, o foco é a cadeia produtiva de andiroba, presente nas três cidades. Em Abaetetuba, também será abordada a subvenção para o açaí. 

Técnicos da Conab visitarão associações, cooperativas e locais de extração dos produtos para explicar como funciona a PGPM-Bio e esclarecer dúvidas dos beneficiários do programa, a exemplo do que já ocorreu em outros municípios paraenses como Belém, Bragança, Mocajuba, São João do Araguaia e São Geraldo do Araguaia. 

O trabalho de divulgação faz parte de uma ação integrada que a Conab promove em vários estados. Por meio da PGPM-Bio, os extrativistas recebem uma subvenção direta quando comprovam a venda da produção por preço inferior ao mínimo fixado pelo governo federal. 

A política assegura renda às populações que possuem formas próprias de organização social, que ocupam e usam territórios e recursos naturais como condição para sua reprodução cultural, social, religiosa, ancestral e econômica, utilizando conhecimentos, inovações e práticas gerados e transmitidos pela tradição. Simultaneamente, fomenta a proteção ao meio ambiente.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink