Volume de entrega de embalagens aumenta 19,5%

Agronegócio

Volume de entrega de embalagens aumenta 19,5%

O volume destinado no primeiro semestre deste ano foi de 10.995 toneladas
Por: -Giuliano
116 acessos

No primeiro semestre deste ano, o sistema de destinação final de embalagens vazias de defensivos agrícolas apresentou crescimento de 19,5% no volume de embalagens destinadas em todo o país. Entre janeiro e junho já seguiram para reciclagem ou incineração 10.995 toneladas (no mesmo período do ano passado o número chegou a 9.200 toneladas). Nos últimos 12 meses, foram destinadas 21.427 toneladas de embalagens vazias.

Atualmente os agricultores brasileiros possuem 365 unidades de recebimento (centrais e postos) para realizar a devolução das embalagens depois de utilizar o produto fitossanitário. Essas unidades de recebimento estão localizadas em 23 Estados da federação.

O sucesso do sistema de destinação final no Brasil é resultado do esforço conjunto e contínuo de agricultores, canais de distribuição, cooperativas, indústria (representada pelo inpEV – Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias) e poder público. Todos cumprem as responsabilidades que lhes foram atribuídas pela Lei Federal 9974/00, que regulamenta o destino das embalagens vazias de produtos fitossanitários. As informações são da assessoria de imprensa do inPEV.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink