Adubos

Volume entregue de adubos caiu no país em outubro, na comparação mensal, mas foi maior que em 2016

O volume diminuiu 5,6% em relação ao entregue em setembro
Por:
105 acessos

Segundo a Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda), as entregas de fertilizantes ao consumidor final somaram 3,99 milhões de toneladas em outubro de 2017 no Brasil.

O volume diminuiu 5,6% em relação ao entregue em setembro último, entretanto, foi 8,1% maior que o registrado em outubro do ano passado.

De janeiro a outubro de 2017 foram entregues 28,79 milhões de toneladas de adubos no país, 2,2% mais que as 28,17 milhões de toneladas entregues no mesmo período de 2016.

A Scot Consultoria estima que as entregas totais este ano deverão ficar entre 34,00 milhões e 34,50 milhões de toneladas de fertilizantes, frente ao recorde de 2016, de 34,08 milhões de toneladas entregues.

Estimamos uma demanda mais fraca neste último bimestre, em relação ao mesmo período de 2016, o que deverá pesar nos resultados finais.

As altas de preços dos adubos em outubro e novembro deste ano deverão impactar na demanda nos próximos meses. No mais, passado o período de maior movimentação no mercado de adubos (plantio da safra de verão 2017/2018 no Brasil) é esperado recuo nas vendas e entregas em curto e médio prazos no país.

Com relação aos preços, segundo levantamento da Scot Consultoria, os fertilizantes nitrogenados tiveram alta de 1,6% em novembro de 2017, em relação a outubro do mesmo ano.

Para adubos potássicos e fosfatados, os aumentos foram de 0,3% no mesmo período.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink