Zâmbia convoca Força Aérea para ajudar no combate a lagartas em lavouras de milho

Agronegócio

Zâmbia convoca Força Aérea para ajudar no combate a lagartas em lavouras de milho

No entanto, a Força Aérea não vai se encarregar da pulverização aérea dos pesticidas
Por:
1401 acessos

No entanto, a Força Aérea não vai se encarregar da pulverização aérea dos pesticidas

O presidente da Zâmbia, Edgar Lungu, determinou nesta quarta-feira que a Força Aérea se una a outras agências do governo em uma operação de emergência para conter a propagação de pragas que invadiram os campos de milho em diversas partes do país.

Lagartas que são capazes de dizimar campos inteiros de milho foram encontradas em cerca de seis das dez províncias da Zâmbia, disse o secretário da Agricultura, Julius Shawa.

Na quarta-feira, a Força Aérea da Zâmbia começou a transportar pesticidas para as quatro províncias mais afetadas e vai se unir ao Ministério da Agricultura e à Unidade de Gerenciamento e Redução de Desastres em resposta à crise, disse o porta-voz da presidência, Amos Chanda, em comunicado.

"O presidente está preocupado que, se o controle não for feito rapidamente, a produtividade da safra 2016/17 poderá ser afetada negativamente", disse Chanda.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink