ZAV: Iagro capacita nova turma de veterinários em Dourados/MS
CI
Agronegócio

ZAV: Iagro capacita nova turma de veterinários em Dourados/MS

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no local do evento
Por:

O novo curso acontece nesta quinta-feira (14), a partir das 8 horas na Iagro de Dourados (MS). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no local do evento.

A Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) retoma nesta semana a capacitação técnica a médicos veterinários da iniciativa privada para execução de ações na Zona de Alta Vigilância Sanitária (ZAV). O novo curso acontece dia 14 de outubro, quinta-feira, a partir das 8 horas na Iagro de Dourados. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no local do evento.

A primeira turma foi capacitada na manhã do dia 6, na Iagro Central, na Capital. Cerca de 25 profissionais participaram da capacitação que visa instruir os veterinários para a realizar ações até então executadas exclusivamente pelo serviço de defesa oficial. A partir de amanhã os credenciamentos já devem ser efetuados e os técnicos já estarão compartilhando ações como a vacinação contra febre aftosa, identificação individual de animais, inspeção e emissão de laudo de animais para trânsito fora da ZAV.

O coordenador da ZAV e responsável pela capacitação, Luciano Chiochetta, repassou aos participantes um histórico sobre a origem da Zona de Alta Vigilância e as flexibilizações advindas do Departamento de Saúde Animal do Ministério da Agricultura (DSA/Mapa), conforme nota técnica nº 55 publicada no Diário Oficial da União do dia 21 de setembro de 2010.

“Esses ajustes vêm para dar mais agilidade nos trabalhos principalmente no que diz respeito à quarentena, que a partir de agora passa a ser substituída pela vistoria técnica dos animais e posterior emissão do laudo de inspeção”, explicou Chiochetta.

Para o veterinário e pecuarista Gean Paes, de Ponta Porã, o maior benefício está no ganho de tempo. “Para o produtor que está na ZAV a otimização dos negócios é importante e reduzir o tempo é um facilitador. Neste caso o produtor tem a opção de continuar programando a vacinação com a Iagro ou otimizar esse trabalho com um profissional terceirizado”, ponderou ele, que participou do curso esta manhã.

A íntegra das considerações do Departamento de Saúde Animal do Mapa - Nota Técnica nº 55 - e a Instrução Normativa nº 63/2008 estão disponíveis no site da Iagro. Acesse www3.servicos.ms.gov.br/iagro_ged/pdf/1658_GED.pdf .


Maiores informações pelo telefone (67) 3901-2691.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink