Zoneamento agrícola orienta plantio de milho
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,170 (1,12%)
| Dólar (compra) R$ 5,59 (-0,36%)


Agronegócio

Zoneamento agrícola orienta plantio de milho

A cultura pode apresentar variações anuais e regionais no rendimento de grãos
Por:
2158 acessos

A relação dos municípios do Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Paraíba e Pará com melhores condições para o plantio de milho na safra 2010/2011 foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (19-10), nas Portarias nº 369 a 373.

O estudo realizado por técnicos do Ministério da Agricultura determina o zoneamento agrícola por meio da identificação dos períodos ideais de semeadura, em condições de baixo risco climático, para garantir maior produtividade.

A cultura pode apresentar variações anuais e regionais no rendimento de grãos, causadas por deficiências hídricas durante o desenvolvimento das plantas, que são mais intensas nas regiões quentes no final da primavera e no início do verão. A irregularidade e a pouca quantidade de chuva são os fatores de maior risco climático para o milho.

De acordo com dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), na safra 2009/2010 o Ceará cultivou área de 535,6 mil hectares de milho, com produção de 175,1 mil toneladas. No Rio Grande do Norte, a área ocupada pelo grão foi de 37 mil hectares, com a colheita de 9,2 mil toneladas. Em Pernambuco, o plantio ocupou 272,5 mil hectares e produziu 125,6 mil toneladas do grão. A Paraíba ficou com a proporção de 69,6 mil hectares para 6,3 mil toneladas e o Pará fechou a safra passada com 540,6 mil hectares e 217 mil toneladas.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink