CI

Preços da laranja em alta apesar da queda na demanda

Baixa disponibilidade para o mercado in natura tem sido fator crucial


Foto: Canva

Os preços da laranja mantêm-se em alta no mercado, mesmo diante da diminuição da demanda ocasionada pelas temperaturas mais baixas. Segundo os dados divulgados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), a baixa disponibilidade de laranjas para o mercado in natura tem sido um fator crucial para sustentar os preços elevados.

Na parcial desta semana, que considera o período de segunda a quinta-feira, a média da laranja pera na árvore atingiu R$ 86,99 por caixa de 40,8 kg. Este valor representa um aumento de 2,75% em relação ao período anterior, destacando a firmeza dos preços apesar das adversidades climáticas.

Em contraste, a situação para a lima ácida tahiti é diferente. A qualidade limitada das frutas disponíveis tem afastado compradores, resultando em uma pressão negativa sobre os preços. Segundo o levantamento do Cepea, entre segunda e quinta-feira, a variedade foi negociada a R$ 30,64 por caixa de 27 kg, colhida. Este valor reflete uma queda significativa de 13,32% em comparação com a semana anterior.

 

Assine a nossa newsletter e receba nossas notícias e informações direto no seu email

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.