Soja terá um bom plantio nas próximas semanas

Soja

Soja terá um bom plantio nas próximas semanas

Nesta quarta-feira (12), uma massa de ar seco e quente ainda está sobre grande parte do Brasil
Por:
1747 acessos

Mudança para as áreas produtoras
 
A partir desta quinta-feira (13) este padrão meteorológico começa a mudar, pois um sistema de baixa pressão avança sobre o Sul do Brasil e leva chuva a diversas localidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás e sobre a metade sul de Minas Gerais.

As precipitações irão vir na forma de pancadas bem isoladas e de fraca intensidade, mas já serão um sinal de que ao longo dos próximos dias novas pancadas de chuva poderão ocorrer sobre o centro-sul do país. Desta forma, os níveis de água no solo serão elevados e as boas condições ao desenvolvimento das lavouras de trigo, garantido.

Os maiores volumes de chuva devem ocorrer sobre as regiões produtoras da Região Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul, em vários pontos do Mato Grosso e até de Goiás. É importante lembrar que a chuva mais generalizada irá ocorrer no começo da semana que vem sobre essas localidades. Mesmo com a previsão de chuva, ainda é muito cedo para iniciar o plantio da soja. No entanto, isto já é um sinal de que ao longo das próximas semanas haverá novas precipitações, que irão elevar os níveis de água no solo e garantir boas condições ao plantio nas próximas semanas.

Para a cultura do trigo, o retorno da chuva irá proporcionar melhores condições ao desenvolvimento das lavouras. Mas no caso da cana-de-açúcar, a previsão de chuva mais generalizada para a semana que vem, irá atrapalhar o andamento da colheita, mas beneficiará as lavouras que já estão em fase de desenvolvimento. O mesmo ocorrerá com as lavouras de café. Como a atmosfera está extremamente quente e seca agora, o avanço de um sistema mais úmido e frio poderá resultar em tempestades, com ocorrências de queda e granizo e fortes rajadas de ventos.

Tendência de precipitações irregulares

Outro alerta é que mesmo com a ocorrência de chuva na semana que vem em grande parte do centro-sul, não significará que o regime de chuva já está totalmente regularizado. Pelo contrário, ainda há previsão de precipitações muito irregulares e até mesmo novos períodos de estiagem nas regiões produtoras do Sudeste e Centro-Oeste. O problema continuará apenas para os produtores de arroz do Rio Grande do Sul, que devido ao retorno frequente da chuva, os trabalhos de campo serão totalmente inviabilizados.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink