Pecuarista maranhense perde poder de compra

Pecuária

Pecuarista maranhense perde poder de compra

Mercado de reposição está mais aquecido no Maranhão
Por:
58 acessos

O mercado de reposição está mais aquecido no Maranhão. Há demanda por praticamente todas as categorias e em contrapartida a oferta não está nos mesmos patamares. Assim, desde o início do ano houve valorização nas cotações das categorias de bovinos entre 7,5@ a 12@. Na contramão o preço dos bezerros desmamados (6@) caiu 2,5% neste mesmo período.

Esse movimento poderia sugerir que apesar da piora na troca com categorias mais eradas houve melhora na troca com a desmama, contudo, a queda de 8,2% nos preços da arroba do boi gordo desde o começo de 2018 não trouxe bons negócios nem para o invernista nem para o recriador.

Desde o início do ano o poder de compra do pecuarista caiu na média com todas as categorias de reposição 2,1%. Destaque fica por conta do bezerro de ano (7,5@). Em jan/18 compravam-se 1,88 animal com o preço da venda de um boi gordo de 16,5@, atualmente compra-se 1,81.

Para os próximos dias fica a expectativa se a entressafra terá força para sustentar a arroba do boi gordo e garantir melhores relações de troca para o pecuarista que quer girar o estoque da fazenda no Maranhão.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink