Workshop discute Inovação social para o Maranhão

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia os Termos de Uso e a Termos de Privacidade.


CI
Imagem: Pixabay
EVENTO

Workshop discute Inovação social para o Maranhão

A Embrapa Cocais realiza o Workshop “Inovação social: caminhos e perspectivas para o Maranhão”
Por:

Nesta terça-feira, 30 de março, a Embrapa Cocais realiza o Workshop “Inovação social: caminhos e perspectivas para o Maranhão”. O evento ocorre no contexto do Acordo de Cooperação Técnica entre a Conecta Brasil 360, Embrapa, Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI) e Secretaria dos Direitos Humanos e Participação Popular (SEDIHPOP), que são parceiros na construção de uma metodologia de implantação, monitoramento, avaliação e replicação da estratégia de inovação social no Estado do Maranhão.

Trata-se da primeira ação do plano de trabalho, com o objetivo de apresentar e debater conceitos e abordagens relacionados à inovação social, a fim de coletar subsídios para um entendimento compartilhado sobre o tema. O evento terá dois blocos: das 9h às 12h, será feito análise de contexto das instituições organizadoras e um bate-papo sobre inovação social com a presença de participantes especiais; das 14h às 17h, o compartilhamento de diversas experiências de povos e comunidades dentro e fora do Maranhão sobre a história por trás de seus produtos. “O objetivo é conhecer a experiência e a atuação de diferentes instituições e grupos sociais que trabalham com inovação social, para que sejam incorporadas na construção metodológica de inovação social como política pública do Maranhão”, explica a pesquisadora da Embrapa Cocais Guilhermina Cayres, mediadora do evento e responsável pelos projetos de pesquisa com alimentos de babaçu.

Como tudo começou - A iniciativa se espelhou no negócio Delícias do Babassu, gerido por quebradeiras de coco babaçu quilombolas da Comunidade de Pedrinhas Clube de Mães de Anajatuba – MA. A Embrapa Cocais buscou a Conecta Brasil 360 para construir curso virtual para as quebradeiras de coco da comunidade e proporcionar visibilidade, conexão e estruturação de negócios para os produtos oriundos do coco babaçu. O curso e a metodologia estão vinculados ao Projeto Bem Diverso, na atividade "Novos Processos Alimentícios com Babaçu, e ainda a dois projetos de pesquisa da Embrapa Cocais: Novos alimentos com amêndoa de babaçu e Inovação na produção de alimentos com babaçu.

“A parceria vai permitir transformar em política pública uma metodologia técnico-científica que foi gerada no âmbito de um projeto de pesquisa liderado pela Embrapa Cocais com a parceiros institucionais que, juntos, vêm promovendo inovação e ao empreendedorismo em comunidades tradicionais e valorizando a identidade sociocultural do Maranhão”, declara a chefe-geral da Embrapa Cocais, Maria de Lourdes Mendonça.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink