Expocafé 2021 discute agricultura familiar e atuação das mulheres

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia os Termos de Uso e a Termos de Privacidade.


CI
Imagem: Pixabay
EVENTO

Expocafé 2021 discute agricultura familiar e atuação das mulheres

Emater-MG participa de palestras e promove webinar “Mulheres do Café”
Por:

A Expocafé 2021 será realizada entre os dias 18 e 21 de maio, novamente no formato totalmente virtual, em função das medidas de distanciamento social, necessárias para o controle da pandemia. A Emater-MG vai participar do evento com palestra, conteúdos técnicos para produtores, plantão técnico e o webinar “Mulheres do Café”. A feira terá ainda estandes virtuais para apresentação e negociação de maquinários e insumos para a cafeicultura. Toda a programação poderá ser acompanhada pelo site do evento: www.expocafeoficial.com.br

Entre as atrações da feira, está o 2º. Encontro Técnico da Expocafé, que contará com painéis temáticos, sobre “Inteligência Artificial, Tecnologias para a Cafeicultura Familiar e Gestão”. Os debates acontecem entre os dias 18 e 20 de maio, com mediação de pesquisadores da Epamig e a participação se dará mediante inscrições prévias, que já podem ser feitas pelo site. 

Na quarta-feira (19/5), às 17h30, haverá o painel “Tecnologia para a cafeicultura familiar”, que terá como mediador o pesquisador César Botelho. O coordenador técnico estadual de Cafeicultura da Emater-MG, Bernardino Cangussú, vai falar sobre “Assistência técnica e extensão rural para a cafeicultura familiar”. 

 “Nós vamos discutir os processos de assistência técnica como o individual e a metodologia grupal, que agora está ocorrendo via palestras on-line para mais produtores, também falaremos do concurso de café e do programa Certifica Minas”, conta Bernardino Cangussú. 

No painel também serão abordados os temas “Tecnologias desenvolvidas pela Epamig com aplicação na agricultura familiar”, pelo coordenador do Programa Estadual de Pesquisa em Cafeicultura da Epamig, Rogério Silva; e “Benefícios do ATeG na cafeicultura mineira”, com o supervisor de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Senar no Sul de Minas, Rodrigo Elias Almeida Dias. 

“O grande segredo é que hoje temos muitas tecnologias acessíveis para os agricultores familiares. Há aplicativos de celular, por exemplo, que oferecem muitos benefícios para os produtores. Atualmente, o acesso às novas técnicas e processos tem refletido na melhoria da qualidade dos cafés da agricultura familiar. Muitos pequenos produtores foram campeões do Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas, usando técnicas recomendadas”, argumenta o coordenador da Emater-MG. 

O público poderá interagir com os palestrantes e debatedores do painel, por meio do chat ao vivo. Os produtores podem ainda acompanhar as estações institucionais, que serão conduzidas por pesquisadores e técnicos da Epamig, da Emater-MG e da Universidade Federal de Lavras (Ufla), que apresentarão, na prática, tecnologias de cultivo e manejo. Os estandes virtuais estarão disponíveis para a visitação a partir da terça-feira, 18 de maio, às 8 horas. De acordo com o coordenador de Negócios da Expocafé, Antônio Nunes, a edição on-line de 2021 terá quase o dobro de expositores, na comparação com o ano passado. 

Participação feminina 

A Expocafé contará também com quadros especiais como a Expocafé Mulheres, quadro especial que abordará o tema “Rumo à equidade no mercado de café” e reunirá profissionais que se tornaram lideranças no segmento. Os debates serão realizados entre os dias 19 e 21 de maio, sempre às 15 horas. Na quarta-feira (19/5), a abertura será feita pela presidente da Epamig, Nilda Soares. Também neste primeiro dia, a consultora da ONU Mulheres, Helga Andrade, vai falar sobre o “Programa Ganha-Ganha: igualdade de gênero e bons negócios”, em um painel mediado pela pesquisadora Margarete Volpato (Epamig). 

No segundo dia de programação, a produtora de cafés orgânicos especiais e presidente da Aliança Internacional das Mulheres do Café, Capítulo Brasil (IWCA Brasil), Miriam Monteiro de Aguiar, apresentará o tema “Criando oportunidades para as mulheres do café no Brasil”, com mediação da pesquisadora Helena Maria Alves (Embrapa Café). 

Já a empresária Maysa Aparecida Pereira dos Reis, desenvolvedora de um aplicativo de negociação de cafés, vai relatar sua experiência no painel de encerramento, do dia 21 de maio, com mediação de Sérgio Parreiras Pereira, da Rede Social da Café. A participação na Expocafé Mulheres se dará por meio de inscrições prévias. 

Também na sexta-feira (21/5), às 16 horas, haverá o webinar “Mulheres do Café”, no canal do YouTube da Emater-MG (www.youtube.com/ematerminas). A secretária estadual de Agricultura de Minas Gerais, Ana Maria Soares Valentini, fará a abertura e as convidadas são a diretora Executiva da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), Vanusia Nogueira, e a cafeicultora Bruna Tavares da Silva, membro da Associação das Mulheres do Café das Matas de Minas (AMUC) e proprietária de uma marca premiada de café. As palestras vão ser sobre a história dessas mulheres na cafeicultura. 

A Expocafé é organizada pelo Governo de Minas Gerais, por meio da Epamig e da Secretária de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, com apoio institucional da prefeitura de Três Pontas, Cocatrel, Ufla, Emater-MG e Consórcio de Pesquisa Café.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink