Cooxupé anuncia melhor café da safra
CI
Imagem: Pixabay
DESTAQUE

Cooxupé anuncia melhor café da safra

O programa selecionou e premiou 50 lotes de cafés dos cooperados
Por: -Eliza Maliszewski

Vem da pequena Capitólio (MG) o café que teve o lote de melhor qualidade da safra 2020 entre os cooperados da Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé (Cooxupé). O arábica produzido pelo cafeicultor Wilson Vicente Soares foi o campeão do Programa Especialíssimo da Cooxupé.

O programa selecionou e premiou 50 lotes de cafés dos cooperados. Participaram do programa da cooperativa os cafés produzidos com índice de qualidade acima de 83 pontos. O resultado final foi declarado por uma equipe de 12 provadores da Cooxupé e da SMC Specialty Coffees, liderados pelo professor da Universidade Federal de Lavras (UFV), Flávio Borém. Foram analisados, por meio de provas cegas, atributos do café como acidez, doçura, corpo, balanço e retro gosto e aromas como frutados, enzimáticos, caramelados e florais.

O vencedor recebeu o valor de R$ 25 mil. "Esperava pela classificação, mas conquistar o primeiro lugar é muita surpresa. Agradeço a Cooxupé, incluindo a equipe de Piumhi, pelo trabalho desenvolvido junto conosco e por sempre nos incentivar a produzir café de qualidade. É muita emoção!", define o campeão.

O café vice-campeão vem de Caldas (MG), de Edir José de Carvalho, que ficou com o prêmio de R$ 20 mil. O terceiro lote de café mais bem avaliado é de Nova Resende (MG), do produtor Ricardo Bachião D’olivo, premiado com R$ 15 mil.

"Os cooperados da Cooxupé estão encontrando no segmento de cafés especiais melhores oportunidades para agregar valor aos seus cafés e conquistar mais rentabilidade na atividade", afirma o presidente da Cooxupé, Carlos Augusto Rodrigues de Melo.

Neste ano, o Especialíssmo recebeu 49.985 sacas de cafés especiais (Cooxupé + SMC), entregues por 431 cooperados. Já a quantidade de lotes também superou as expectativas, totalizando 771 em 2020.

Nesta safra o clima foi favorável, com chuvas ocorridas até o mês de março e com estiagem na colheita. Esta situação aliada às boas práticas agrícolas que o produtor vem desenvolvendo em suas lavouras trouxe maior benefício na qualidade do café produzido.

A Cooxupé tem 15 mil cooperados, sendo 95% deles pequenos produtores que vivem da agricultura familiar. Recebe café produzido em mais de 200 municípios do Sul e Cerrado mineiro e a média mogiana paulista.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink