Chuva pode prejudicar lavouras de soja em grande parte do BR

Soja

Chuva pode prejudicar lavouras de soja em grande parte do BR

Áreas de instabilidade associadas a uma frente fria mantêm o tempo instável e com possibilidade de chuva
Por:
2797 acessos

Áreas de instabilidade associadas a uma frente fria mantêm o tempo instável e com possibilidade de chuva em grande parte das regiões produtoras de Rondônia, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais e São Paulo. Há previsão de chuva também para o norte do Mato Grosso do Sul, Tocantins e Pará. Dessa forma, os solos ficarão com bons níveis de umidade, o que vai favorecer o desenvolvimento das lavouras de soja, café e cana de açúcar, mas dificultar o término do plantio da soja em muitas propriedades, bem como a realização da colheita da cana de açúcar. 

Esse tempo mais fechado e chuvoso deverá se manter inalterado sobre a faixa central do país até o final da semana, principalmente sobre Rondônia, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais e Pará. Com o céu mais nublado, associado a temperaturas mais amenas, as condições não se manterão muito favoráveis ao pleno desenvolvimento das lavouras de soja, já que tal padrão meteorológico reduz as taxas fotossintéticas e eleva a pressão de ataque de doenças.

Em São Paulo, o tempo já começará a abrir na quarta-feira e, com isso, as condições voltarão a ficar favoráveis às atividades de campo, como colheita da cana de açúcar e avanço do plantio da soja, bem como à realização dos tratos culturais.  

Já sobre toda a região Sul e sul de Mato Grosso do Sul, a previsão é de uma semana de tempo aberto e sem chuva até o começo da semana que vem. Porém, a passagem da frente fria pela região no último fim de semana elevou os índices de umidade do solo, o que garantiu melhores condições ao desenvolvimento das lavouras, como o avanço do plantio da soja. No entanto, essa mesma chuva atrapalhou o avanço do plantio do arroz e a colheita do trigo.

No Maranhão, Piauí e Bahia, o tempo permanecerá aberto e com previsão apenas de eventuais pancadas de chuvas muito irregulares sobre as regiões produtoras do sul da Bahia e do Maranhão. Tanto no Piauí quanto em boa parte do oeste baiano, a previsão é de tempo aberto e chuva somente na próxima semana.

As chuvas que ocorreram na última semana possibilitaram a manutenção da umidade do solo. Mesmo com a ausência de chuvas essa semana, as condições ainda se manterão favoráveis ao desenvolvimento das lavouras, mas o plantio da soja deverá ser paralisado em muitas propriedades a espera de novas pancadas de chuva, uma vez que o risco de perdas é elevado.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink