Minas Gerais tem a primeira propriedade rural de tangerina certificada pelo Certifica Minas Frutas
CI
Imagem: Divulgação
AGRICULTURA

Minas Gerais tem a primeira propriedade rural de tangerina certificada pelo Certifica Minas Frutas

Fazenda, que fica em Campanha, contou com assistência técnica da Emater-MG

O Programa Certifica Minas Frutas acaba de certificar, pela primeira vez, no estado, uma propriedade rural produtora exclusiva de tangerina ponkan. O fato aconteceu no último dia 16, no município de Campanha, Sul mineiro. Trata-se da Fazenda Ponche Verde que produz anualmente, em torno de 20 mil caixas do citrus. Dos 100 hectares de terra da propriedade 28 hectares são destinados ao cultivo desse tipo de tangerina.

Com a medida, sobe para dez o número de propriedades rurais mineiras dedicadas à fruticultura e que foram contempladas com o selo de certificação do programa. O Certifica Minas Frutas é um braço do Programa Certifica Minas do Governo do Estado, coordenado pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e realizado por meio de suas vinculadas, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) e o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA).

Na certificação de propriedades produtoras de fruta, as ações ficam por conta da Emater-MG e do IMA. A empresa pública de extensão rural do Estado de Minas Gerais tem como principal papel disponibilizar extensionistas para prestar assistência técnica aos produtores inscritos no programa. O IMA fica responsável pela auditoria, in loco da propriedade, para constatar o cumprimento das normas do programa pelo produtor, realizar entrevistas e checar registros (documentos, notas fiscais, recibos e anotações, entre outros), referentes a todas as etapas do processo produtivo.

O objetivo do Programa Certifica Minas é contribuir para que os produtos agropecuários e agroindustriais possam ocupar novos mercados, nacional e internacional, de maneira mais competitiva. Já a certificação é um atestado que garante ao consumidor um processo produtivo de boas práticas agrícolas em todos os estágios da atividade, incluindo as normas socioambientais e rastreabilidade, previstas no programa.

Para o produtor, significa aumento da renda, pois agrega maior valor ao seu produto no mercado, como defende o coordenador técnico estadual de Fruticultura da Emater-MG, Deny Sanábio. “Melhora a gestão, as práticas agronômicas, ambientais, social, trabalhista e oferece segurança alimentar. Além disso, a fruta proveniente de uma propriedade certificada é mais valorizada no mercado por ser um produto diferenciado”, argumenta.

Mesma opinião tem o coordenador técnico regional da Emater-MG de Alfenas, Kleso Silva Franco Júnior. O município de Campanha integra a área de abrangência dessa unidade da empresa. “Traz benefícios para o empreendimento, pois melhora ainda mais sua gestão. Além de colaborar com as boas práticas de produção e, assim, promover benefícios para os consumidores, como a garantia da segurança alimentar, já que eles vão adquirir um produto com rastreabilidade, onde durante o processo houve cuidados em relação à sustentabilidade ambiental e social. Toda a cadeia produtiva sai ganhando”, afirma.

Expectativa favorável

O gerente Administrativo Operacional da Fazenda Ponche Verde, Ivan da Cruz, saúda a conquista da chancela do Certifica Minas Frutas para a propriedade que, segundo ele, cultiva cerca de 20 mil pés de tangerina ponkan. De acordo com Cruz, durante um ano, ele se empenhou em todo o processo de certificação e homologação. Agora que tudo se completou, ele está convencido dos ganhos de uma propriedade certificada. O gerente Ivan revela uma expectativa bastante favorável dos próximos resultados do empreendimento e agradece as participações da Emater-MG e do IMA.

“Fiquei trabalhando em cima dessa certificação praticamente um ano. E a expectativa é a melhor possível. A gente foi em busca desse aprimoramento que vai agregar valores para nós, mas é uma garantia para os clientes. Os nossos já foram informados e eles ficaram muito felizes com essa implementação. Vamos obedecer todo um processo com pré-requisitos de produção e rastreabilidade. Fomos muito bem acolhidos pela Emater-MG e pelo IMA e isso ajudou muito nesse processo. Foi um trabalho muito árduo, mas valeu a pena. Foi muito gratificante. Eu agradeço”, explicou.

Fruticultura

Minas Gerais se destaca na produção de várias frutas, ocupando o 4º lugar no ranking nacional. São 135 mil hectares de área plantada, destinada à fruticultura no estado e uma produção total de 2,32 milhões de toneladas. A região Sul mineira representa 25% da área plantada, destinada à atividade.

Com a certificação da Fazenda Ponche Verde, em Campanha, a lista de propriedade rurais certificadas, que investem na produção de frutas no estado, fica assim: sete delas cultivam morango, uma banana prata, outra de tangerina ponkan e mais uma que diversifica, produzindo banana, abacate, laranja, mamão e uva.

No município de Campanha, as principais frutas cultivadas são abacate, ameixa, banana prata, laranja, lichia, tangerina e uva de mesa. O destaque fica mesmo por conta da produção de tangerina, ocupando o segundo lugar no estado, com área plantada de 1.360 hectares e produção estimada em 26.500 toneladas, sendo que, 10.600 toneladas são da agricultura familiar.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink